FORGOT YOUR DETAILS?

Galinheiro Grill – o braseiro bom de Sampa

por / sexta-feira, 10 janeiro 2014 / Publicado em Matérias

De São Paulo:

Demorei muito tempo para finalmente experimentar o churrasco do Galinheiro Grill. Digo isto porque o lugar já é bastante tradicional na Vila Madalena e muito perto da minha casa. Para mim, que adoro um braseiro, era certo de que o boteco fosse, portanto, um ponto comum em minha vida.

No fundo eu acho que eu simplesmente passava por ali e não me dava conta de fazer uma escala ou porque a parada era tão óbvia que eu acabava adiando para outro e outro dia. Assim se passou quase um ano. Neste meio tempo eu não estive em um único braseiro realmente relevante na cidade de São Paulo (também não foram muitos, é preciso dizer), ao menos nenhum que se comparasse aos bons e clássicos braseiros cariocas.

DSC06987

As aves ficam por horas numa marinada com uma série de condimentos antes de irem para brasa.

 

Agora sim posso afirmar que tenho o meu braseiro predileto em São Paulo. O Galinheiro Grill me conquistou na primeira garfada. Não só pelo frango, muito bem preparado, mas igualmente as porções de linguiça e uma farofinha que cai bem de acompanhamento. Silvia, que estava comigo no almoço domingueiro, também adorou o lugar.

Como almoço nós solicitamos um 1/2 Frango (R$ 17,00) – que já vem acompanhado de farofa e vinagrete – e uma 1/2 porção de Linguiça de Frango (R$ 12,00). Ainda complementamos com batatas fritas (1/2 porção por R$ 12,90) – que teria dispensando em favor das polentas (um dos fortes da casa pelo número de clientes pedindo). O garçom nos fez a gentileza de servir a porção de linguiça mista (frango e porco) e pudemos provar e aprovar os dois sabores.

DSC06992

Com a porção de linguiça mista (frango e porco) e pudemos provar e aprovar os dois sabores.

 

Foi quase como um ótimo almoço-petisco. Ainda pensei em acrescentar à festa uma travessa de coração de frango – que vi cruzar o salão algumas vezes – mas seria exagero. Fica para outra vez, talvez numa noite. Com preços justos e cerveja gelada, o Galinheiro é um bom lugar tanto para se almoçar com amigos e família, quanto para parar e beliscar um churrasquinho durante a noite.

O cardápio contempla outros tipos de carne, como de boi e porco, mas a estrela por ali é realmente o frango. As aves, fornecidas por uma granja no interior diretamente para o boteco, ficam por horas numa marinada com uma série de condimentos antes de irem para brasa. Acho que aí está o segredo do sabor especial.

DSC06993

Há diversos salões em diferentes tamanhos.

 

O Galinheiro Grill abriu no início dos anos noventa como uma birosca que atendia somente a pedidos de entrega. A fama da galinha se espalhou, o lugar virou um bar e ao longo dos anos sofreu diversas ampliações até tomar o estranho e confuso formato que tem hoje – quase um galinheiro gigante.

Trata-se de um lugar apinhado de gente, com clima bastante informal, na esquina pouco agradável e muito movimentada da Rua Fradique Coutinho com a Rua Inácio Pereira da Rocha. O ambiente é quente, barulhento e com televisões para onde se olha. Há diversos salões em diferentes tamanhos. As mesas nas calçadas são as mais disputadas. Como é grande, mesmo cheio, não se demora muito a arrumar um cantinho para se sentar. Apesar do caos todo, o serviço funciona muito bem. É relaxar, tomar uma cerveja e aproveitar ótimas as carnes na brasa.

Neste texto:

Galinheiro Grill

Funciona de segunda a sexta das 17h à 1h. Sábado das 12h à 1h. Domingos e Feriados das 12h às 24h.

Endereço: Rua Inácio Pereira da Rocha, 231 (Esq. com a Rua Fradique Coutinho) – Vila Madalena. São Paulo (SP).

Telefone: (11) 3816 3208

Aceita cartões de crédito e débito.

Fonte: Diários Gastronômicos

Deixe uma resposta

TOPO